2015-02-08

o faça você mesmo | homemade


O faça você mesmo está na moda.
E eu fico particularmente contente com isso: o saber não ocupa lugar e saber fazer para vestir, para comer, para decorar, para oferecer um presente tem um valor inestimável.
Eu aprendi em casa a fazer assim, desde pequena. Aprendi a valorizar o processo que concorre muito para o resultado final, aprendi a ter paciência (é mais fácil ver o resultado final pronto para usar) e esta aprendizagem que foi acontecendo serve-me muito hoje, quando, como este fim-de-semana há fatos de Carnaval a fazer para os filhos, há lanches para aquecer um domingo frio de Fevereiro.
Pode-se dizer a este propósito muita coisa: o que se poupa, o gozo pessoal de ser o fazedor, o ritmo dos dias de hoje que não deixa margem de manobra para fazer e por aí fora...

Mas, não obstante tudo isso, há o exemplo que se dá que, sem nos apercebermos, forma, dá pistas, é modelador de comportamentos que orientam para um uso racional dos bens, para uma forma de estar mais amiga do ambiente, uma vida mais saudável.

O que era uma inevitabilidade quando éramos crianças, é hoje uma opção para os pais de hoje.
Temos todos talentos, escondidos ou manifestos, para ousar fazer.




[ENGLISH LATER]


photo credits: tricotaria





2 comentários:

  1. É um orgulho ouvir a minha filha de 3 anos dizer " temos que fazer" em vez de "temos que comprar". :)

    ResponderEliminar

Deixe o seu comentário na caixa abaixo. Obrigada!
I would love to hear from you! Drop me a line using the form below. Thank you!

Google+ Followers

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...